I Can See You
As minhas músicas, os meus pensamentos, as minhas reflexões...
21 de Janeiro de 2012

É sempre complicado quando gostamos de alguém, mas sabemos que por agora o coração dela pertence a outra pessoa.

E sentimos que temos de seguir em frente.

 

Mas essa situação provoca-nos sempre sentimentos contraditórios.

Por um lado, ela é alguém que faz o nosso coração pulsar com calor, pois bate mais depressa sempre que pensamos nela. Por outro, o facto dela não sentir o mesmo por nós, gela-nos o coração ao ponto de sentirmos que a nossa vida não está completa sem ela.

Por um lado, sentimo-nos bem quando ela fala connosco e dá-nos atenção. Por outro, sentimo-nos terrivelmente mal quando ela nos ignora e deixa de ter tempo para nós.

Por um lado, sentimos que precisamos dela em certos momentos da nossa vida. Por outro, sabemos que ela não está lá para nós quando mais precisamos.

Por um lado, gostamos que ela seja nossa amiga e que ouça os nossos desabafos. Por outro, queríamos que ela fosse mais do que nossa amiga,mas nunca lhe iremos dizer nada, pois não queremos arriscar o que temos, seja o que isso for.

Por um lado, sentimo-nos tristes pois queríamos que o coração dela sentisse algo por nós e não pelo seu namorado. Por outro, sentimos verdadeiramente felizes por ela, pois ela merece ser feliz com alguém que a adora, mesmo que não sejamos nós, por mais que isso nos custe.

Por um lado, queremos passar o resto da nossa vida com ela para sermos felizes. Por outro, sabemos que nunca sermos felizes se continuarmos a pensar nela o resto da nossa vida.

 

Por mais que a amemos agora, nunca seremos felizes se continuarmos a pensar nela. E sabemos, que por mais que sejamos feliz no futuro com outra pessoa, a iremos sempre encontrar no nosso coração. Mas finalmente percebemos, após tantos anos, que poderá existir outra pessoa que nos poderá ajudar a reparar o nosso coração partido. Mas gostaríamos tanto que fosse ela a reparar os cacos que ela própria causou.

 

 

"She is like the water where I clean my baby
Floating from the front into the back to keep me
warm enough to cover me from getting chilly
Cool enough to hide me from the heat

She is like a splinter that I caught in my toe
running from the dog that chases me
sharp enough to teach a lesson that I must learn
soft enough to never make me bleed

 

She is like a cigarette inside an ashtray
Nothing but a fire sets her free
Filling up my lungs until my body needs her
holding on so I can never breathe

 

And I will find you there
And I will mend your heart"

publicado por Matt Xell às 09:08 link do post
Passado quase um ano, voltei e tive que vir, quase de imediatamente, ao teu blog. Nunca me desiludo e nestas palavras"É sempre complicado quando gostamos de alguém, mas sabemos que por agora o coração dela pertence a outra pessoa.
E sentimos que temos de seguir em frente." compreendi a razão de ter voltado a querer ler estes segredos e confissões que andam por este cantinho.
izzie a 24 de Janeiro de 2012 às 22:52
My playlists

Update: 10 músicas que transferi recentemente para o meu leitor de mp3

1. David Fonseca - All that I Wanted

2. Maroon 5 - Payphone

3. Taylor Swift - We are never getting back together

4. Fun - Some Nights

5. Michael Kiwanuka - Home Again

6. Christina Perry - A Thousand Years

7. Florence & The Machine - Shake it out

8. Keane- Silenced by the night

9. Gotye - Somebody that I used to Know

10. Awol Nation - Sail

 

Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
29
30
31
mais sobre mim
Contactos

Perfil Facebook

links
Os meus filmes

Filme Favorito

Clube dos Poetas Mortos

Update: Último filme que vi no cinema...

Patrulha de Barro

Nota: ***

Último filme em DVD que vi...

Os Vingadores

As minhas séries de TV

Série Favorita de todos os tempos

Friends

Update: Séries que estou a ver...

- Sangue Fresco

- A Teoria do Big Bang

- Foi assim que aconteceu

Séries que estou a descarregar da Net...

The Voice- Season 3

Guilty Pleasure

Glee

blogs SAPO