I Can See You
As minhas músicas, os meus pensamentos, as minhas reflexões...
15 de Julho de 2012

Uma música perfeita para ouvir enquanto reflectimos na nossa vida, com uma letra que nos dá que pensar...

 

Por vezes arrependemo-nos de nos termos escondido e não termos seguido aquilo que o nosso coração nos dizia. E por vezes, essa mágoa de não termos feito o que o queríamos torna-se difícil de engolir...

E mesmo passado alguns anos, não esquecemos essa pessoa e o seu fantasma persegue-nos e anda sempre atrás de nós.

E não percebemos como conseguimos aguentar este tempo todo, e aguentarmo-nos em pé enquanto pensávamos nela ou em como a outra pessoa conseguiu continuar com a sua vida normalmente.

 

Mas um dia tomamos consciência de que não gostamos da forma como a nossa vida está agora. Que é tempo de seguirmos em frente e esquecer o passado. E decidimos que queremos ser melhores.... E lembrarmo-nos de que um dia tivemos um pequeno papel na vida da outra pessoa, mas que esse papel já terminou...

 

"I should not have hid where my heart can't follow,
'cause this grace gets so  far and too hard to swallow.

You're still on  my back after all these years,
chasing me out of hell and my nice  veneers.
I don't know how you stand when you've got no floor,
or how you  can breathe with your hands on boards.

I just want to be not what I am  today,
I just want to be better than my friends might say,
I just want a  small part in your passions play..."

 

 

publicado por Matt Xell às 15:53 link do post
21 de Janeiro de 2012

É sempre complicado quando gostamos de alguém, mas sabemos que por agora o coração dela pertence a outra pessoa.

E sentimos que temos de seguir em frente.

 

Mas essa situação provoca-nos sempre sentimentos contraditórios.

Por um lado, ela é alguém que faz o nosso coração pulsar com calor, pois bate mais depressa sempre que pensamos nela. Por outro, o facto dela não sentir o mesmo por nós, gela-nos o coração ao ponto de sentirmos que a nossa vida não está completa sem ela.

Por um lado, sentimo-nos bem quando ela fala connosco e dá-nos atenção. Por outro, sentimo-nos terrivelmente mal quando ela nos ignora e deixa de ter tempo para nós.

Por um lado, sentimos que precisamos dela em certos momentos da nossa vida. Por outro, sabemos que ela não está lá para nós quando mais precisamos.

Por um lado, gostamos que ela seja nossa amiga e que ouça os nossos desabafos. Por outro, queríamos que ela fosse mais do que nossa amiga,mas nunca lhe iremos dizer nada, pois não queremos arriscar o que temos, seja o que isso for.

Por um lado, sentimo-nos tristes pois queríamos que o coração dela sentisse algo por nós e não pelo seu namorado. Por outro, sentimos verdadeiramente felizes por ela, pois ela merece ser feliz com alguém que a adora, mesmo que não sejamos nós, por mais que isso nos custe.

Por um lado, queremos passar o resto da nossa vida com ela para sermos felizes. Por outro, sabemos que nunca sermos felizes se continuarmos a pensar nela o resto da nossa vida.

 

Por mais que a amemos agora, nunca seremos felizes se continuarmos a pensar nela. E sabemos, que por mais que sejamos feliz no futuro com outra pessoa, a iremos sempre encontrar no nosso coração. Mas finalmente percebemos, após tantos anos, que poderá existir outra pessoa que nos poderá ajudar a reparar o nosso coração partido. Mas gostaríamos tanto que fosse ela a reparar os cacos que ela própria causou.

 

 

"She is like the water where I clean my baby
Floating from the front into the back to keep me
warm enough to cover me from getting chilly
Cool enough to hide me from the heat

She is like a splinter that I caught in my toe
running from the dog that chases me
sharp enough to teach a lesson that I must learn
soft enough to never make me bleed

 

She is like a cigarette inside an ashtray
Nothing but a fire sets her free
Filling up my lungs until my body needs her
holding on so I can never breathe

 

And I will find you there
And I will mend your heart"

publicado por Matt Xell às 09:08 link do post
23 de Agosto de 2011

Uma música que descobri e que não consigo deixar de ouvir.

 

Às vezes estamos envolvidos numa relação com outra pessoa, mas estamos acomodados e já não sentimos o mesmo por ela.Talvez tenhamos encontrado outra pessoa que achamos que nos compreende e nos completa. E sabemos no nosso íntimo que um dia os nossos caminhos se irão separar, mais cedo ou mais tarde... E sabemos também que um dia as memórias que temos dessa pessoa irão desvanecer-se da nossa mente...

 

"There's room between your heart
And the chair where I've been sleeping
The  place that we called home
Will someday watch you leaving...

There's room  between today
And the last time that I saw you
The pictures in my brain
Will fade until I lose you..."

 

 

My playlists

Update: 10 músicas que transferi recentemente para o meu leitor de mp3

1. David Fonseca - All that I Wanted

2. Maroon 5 - Payphone

3. Taylor Swift - We are never getting back together

4. Fun - Some Nights

5. Michael Kiwanuka - Home Again

6. Christina Perry - A Thousand Years

7. Florence & The Machine - Shake it out

8. Keane- Silenced by the night

9. Gotye - Somebody that I used to Know

10. Awol Nation - Sail

 

Setembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
mais sobre mim
Contactos

Perfil Facebook

links
Os meus filmes

Filme Favorito

Clube dos Poetas Mortos

Update: Último filme que vi no cinema...

Patrulha de Barro

Nota: ***

Último filme em DVD que vi...

Os Vingadores

As minhas séries de TV

Série Favorita de todos os tempos

Friends

Update: Séries que estou a ver...

- Sangue Fresco

- A Teoria do Big Bang

- Foi assim que aconteceu

Séries que estou a descarregar da Net...

The Voice- Season 3

Guilty Pleasure

Glee

Os meus livros

Último Livro que li

O mar de Ferro - George R. Martin

Update: Livro que estou a ler

A Rapariga que sonhava com uma lata de gasolina e um fósforo- Steig Larsson

Próximo livro na minha mesa de cabeceira

A Dnça dos Dragões- George R. Martin

blogs SAPO